Publicado em Categorias Poesia

Houve um tempo
Em que o coração
Deste poeta
Deu as costas
Para o amor

Triste, solitário
O coração machucado
Fechou suas portas
Para o mundo

Mas
Um beijo
Foi o bastante

Quando meus olhos
Se fecharam
E meus lábios
Tocaram os teus lábios

A rosa do amor
Em meio ao clima gélido
Que habitava meu coração
Ascendeu novamente

Um sorriso
Preencheu meu ser
E quando me dei conta
Ali estava ela
Minha amada
Razão da minha poesia.

Publicado em Categorias Poesia

E mais uma vez
Você se foi

É sempre assim
O sol se levanta
E leva embora
Meu amor

Ela se vai
Não me deixa
A despedida
Simplesmente
Se vai

Me pergunto
Se é de seu deleite
Sentir
A minha angústia

Nunca sei
Se vai voltar
Pergunta
Meu coração
E eu
Não tenho resposta

A única certeza
É de que a noite
Vai voltar
E que mais uma vez
Estarei a te esperar.

Jackson Melo

Publicado em Categorias Poesia

Quando criança
Pedi ao tempo
Que fosse depressa

Para que eu
Me tornasse maduro
Livre

Para que eu ganhasse
O mundo
Construindo riquezas
Carro
Casa
Incontáveis bens materiais…

Pedi também
Por um bom casamento
Uma bela esposa
E filhos,
Para que houvesse
Um legado

E o tempo
Me ouviu…

Me tornei maduro
E livre
Mas
Não posso ir
A lugar algum

Construí riquezas
Mas não tenho
O tempo
Para desfrutar

A bela esposa
Me deixou
Por alguém mais jovem
Levando parte de mim

Meus filhos
Foram pro mundo
E me deixaram só

O tempo
Me passou
A velhice
Me alcançou
Meu passo
Devagar
Me diz que já é hora
De parar

Meu pedido
Ao tempo
É para que me leve
Porque só agora
É que aprendi
Que o tempo
Não vai voltar.

Jackson Melo