Publicado em Categorias Poesia

Todos os dias
Ele andava
Transitava
Entre corações alheios

Observava
Onde quer que estivesse
E contava em versos
Amores dos outros

Mas um dia
Sem que ele
Pudesse prever
O alvo foi seu coração

E o tiro certeiro
Foi um sorriso
O sorriso daquela
Que venceu o seu olhar

Agora
Ele abandonou
O posto de observador
E se lançou ao sorriso
Para que os versos do seu amor
Este poeta pudesse lhes contar.

Jackson Melo

Publicado em Categorias Poesia

Havia um poeta
Pintava versos
Sobre as pessoas
Na tela de seu livro
Ele pintava
Uma história

Fazia planos
Sem pensar
Em mais ninguém

Até que ela apareceu
Uma surpresa,
Um achado,
A maravilha
Em carne e osso

Motivo
Da sua alegria
E sua raiva
Também

Tolo deste poeta
Pintando a vida alheia
Com seus versos
E agora
Sua amada
Com um pincel
E seu destino inteiro
Em suas mãos.

Publicado em Categorias Poesia

Houve um tempo
Em que o coração
Deste poeta
Deu as costas
Para o amor

Triste, solitário
O coração machucado
Fechou suas portas
Para o mundo

Mas
Um beijo
Foi o bastante

Quando meus olhos
Se fecharam
E meus lábios
Tocaram os teus lábios

A rosa do amor
Em meio ao clima gélido
Que habitava meu coração
Ascendeu novamente

Um sorriso
Preencheu meu ser
E quando me dei conta
Ali estava ela
Minha amada
Razão da minha poesia.