Publicado em Categorias Poesia

Para que me serve a arte?

De que me adiantaram
Michelangelo, Rafael
Cervantes, Shakespeare, Rael
Chico, Ariano
Portinari, Clarice
Cora Coralina, Tarsila do Amaral?

Para que te serve a arte?

Quando foi que Nelson Rodrigues ou Dias Gomes
Dostoiévski, Picasso ou Raquel de Queiróz
Maria Bethânia, Gal, ou Elis
Quando foi que te mostraram
Nas suas vozes e versos
Nos seus cantos, gritos e cores
Aquilo que ninguém via
Mas que estava ali o tempo todo
Aquele absurdo divino
Tão humano
Que só Hamlet ou Édipo poderiam revelar

Ser ou não ser, essa é a arte?
Gritar sem medo, eis a arte!
Dizer amém na Capela Sistina?
Ser e estar num estado de poesia!

Ser artista é
Se confundir com a sua arte
E apesar de tudo,
Não nos deixar esquecer
Nunca
Da beleza e da mazela
Da nossa humanidade.

Alex Ribeiro Lopes

Publicado em Categorias Poesia

Hoje cedo
No raiar do dia
Antes mesmo
De os meus olhos
Se abrirem para o mundo
Senti o teu perfume

Meus lábios
Responderam
Com um sorriso

Assim que abertos
A primeira imagem
O teu sorriso
Que acenava para o meu
Em busca de um beijo

Os corpos
Despidos
Trocavam carinhos
Enquanto se uniam
Sob as cobertas

A paixão se fez presente
Exaltando o romance
E pulsando o coração
Dos amantes
Como se aquele
Fosse o nosso último momento
Momento
Do nosso amor.