O Beijo

Houve um tempo
Em que o coração
Deste poeta
Deu as costas
Para o amor

Triste, solitário
O coração machucado
Fechou suas portas
Para o mundo

Mas
Um beijo
Foi o bastante

Quando meus olhos
Se fecharam
E meus lábios
Tocaram os teus lábios

A rosa do amor
Em meio ao clima gélido
Que habitava meu coração
Ascendeu novamente

Um sorriso
Preencheu meu ser
E quando me dei conta
Ali estava ela
Minha amada
Razão da minha poesia.

Autor: Jackson Melo

Ator da Cia de Teatro Assisto Porque Gosto e Poeta.

1 pensamento em “O Beijo”

  1. Pingback: URL

Deixe um comentário