Publicado em Categorias Analisador de Conteúdo

13228012_1069644159789469_2057093997_n

Analisando o lenço da foto, o Analisador de Conteúdo identificou-o como tendo pertencido a Jair Bolsonaro, deputado muito aclamado por uma parte do povo brasileiro. O Analisador detectou uma mancha, imperceptí­vel, numa das dobras do lenço, e logo ficou claro tratar-se de resí­duos de cuspe.

Segundo o Analisador, Jair Bolsonaro, em campanha pela reeleição, comeu pastel na banca de uma famosa vendedora de pasteis, em Bangu, Rio de Janeiro. Após sucessivas fotos e poses, com o pastel preso à boca, numa demorada mordida, e depois lenta mastigada, Jair Bolsonaro, longe das câmaras, jogou, sem esconder o asco, o pastel, quase intacto, no lixo. Em seguida, pois-se em retirada, sem se preocupar em pagar o pastel. A pasteleira contornou sua banca, furou o bloqueio de assessores e dardejou uma cusparada no rosto do deputado, gerando grande tumulto. O lenço foi encontrado, dia seguinte, numa gaveta de um motel, na Avenida Niemeyer, Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, e logo encaminhado, após perí­cia, e a pedidos, para a Fundação Brilhante Ustra.

Publicado em Categorias Artigos

cadê a ministra

Muitos fazem a pergunta, aqui dentro deste paí­s, e até lá fora. Cadê a ministra? Onde buscar explicações para placar tão inusitado, em se tratando de tempos modernos: 23 a zero! Placar impensável numa civilização sã, diria, honestamente sã. E aí­? Buscar explicações novas para a descabida composição dos ministérios do não eleito presidente Temer, ou recorrer às antigas? A meu ver, não existe explicação nova. A não ser uma. Culpa-se Dilma, mulher recém destronada, pelas atuais mazelas da nação. Portanto, xô mulheres! Cobras! Acendam a fogueira!

Mas, e o que aconteceu com as mulheres do PSDB, que lutaram para derrubar Dilma e o PT, fizeram vigí­lias, rezaram debaixo das batinas dos padres, beijaram os pés de barro dos seus maridos, e agora, preteridas, estão reclamando a justa participação no poder? E nós, gritam elas, por que ficamos de fora? Acredito que também estejam buscando explicações para tamanha, mas previsível, goleada. Só que elas foram goleadas dentro da própria casa!

Mas vamos às explicações para o 23 a zero. Minha mente também é de ocasião e eu gosto de flertar com o imponderável das circunstâncias. Mas, não podemos falar da mulher sem falar da trajetória dos séculos, onde a dominação e o desprezo subjugam a genitália e só preservam o útero porque ele é instrumento necessário.

Vamos às hipóteses. Continue lendo “CADÊ A MINISTRA?”